Última hora

Em leitura:

Boeing e Airbus revelam negócios milionários no Reino Unido

empresas

Boeing e Airbus revelam negócios milionários no Reino Unido

Publicidade

O Reino Unido anunciou esta segunda-feira a compra à Boeing de dez aviões de patrulha marítima antissubmarinos, modelo P-8A Poseidon, num negócio a dez anos avaliado em três mil milhões de libras (cerca de 3,5 mil milhões de euros). O anúncio efetuado pelo ainda primeiro-ministro David Cameron surgiu na abertura do Air Show Farnborough, uma feira de aviação aberta sob o fantasma do “Brexit” e o “peso” de uma tempestade.

A fabricante norte-americana vai ainda fornecer à RAF, força aérea britânica, meia centena de helicópteros de ataque Apache. A Boeing terá ainda de construir um hangar especial na base britânica de Lossiemouth, em Moray, no norte da Escócia, para os aviões de patrulha marítima e espera, com este negócio, ajudar a gerar 2000 novos postos de trabalho no Reino Unido.

Airbus também aproveitou a abertura desta feira para revelar um importante negócio no Reino Unido. A fabricante europeia recebeu uma encomenda da companhia britânica Virgin Atlantic de 12 bimotores A-350, num negócio avaliado em cerca de quatro mil milhões de euros.

Craig Kreeger, presidente executivo (CEO) da Virgin Atlantic, lamentou a presente desvalorização da libra esterlina, mas revelou que a empresa tomou medidas para “antecipar um possível Brexit e limitar o impacto das flutuações da libra no curto prazo”. “No entanto, a forma como isto vai afetar o mercado das viagens pode revelar-se um desafio”, avisou o responsável.

Apesar dos grandes negócios revelados e das aguardadas demonstrações programadas, este primeiro dia do Air Show de Farnborough teve de ser suspenso devido à forte queda de chuva que assolou a região a sudoeste de Londres. Para o fim de semana, está marcada um espetáculo aberto ao público e espera-se que o tempo ajude às demonstrações programadas.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte