Última hora

Em leitura:

Os outros vencedores do Euro 2016

mundo

Os outros vencedores do Euro 2016

Publicidade

Portugal venceu o Campeonato da Europa de Futebol com uma vitória sobre a França. Mas será que se a performance desportiva levasse em conta a população do país, o PIB e o valor da equipa, Portugal continuaria a ser o campeão?

Calculámos a pontuação total de cada equipa, considerando a sua classificação na fase de grupos e, depois, acrescentando-lhes três pontos a cada por vitória nas eliminatórias.

Estabelecidos os totais, comparámo-los com o valor de cada equipa, a população e o PIB de cada país, para avaliar o sucesso de cada seleção.

Quem tem a equipa mais valiosa?

Este infográfico analisa a performance das equipas no Euro 2016, em termos de pontos conquistados, face ao valor dos jogadores que compõem a seleção, usando dados do sítio transfermarkt.com.

Veredicto Apesar da vitória de Portugal, as equipas caras não são garantia de sucesso, como Espanha e Inglaterra comprovam. A Hungria é a surpresa ao juntar-se à Islândia entre as equipas de maior valor.

Quem aproveitou melhor a população do país?

A Islândia, com uma população de 325 700 habitantes, bateu a Inglaterra, onde vivem 54 milhões de pessoas.

Decidimos, então, olhar para a população de cada país e para a pontuação obtida.

Veredicto A grandeza da população de países como a Rússia não é garantia de sucesso, enquanto a vitória de Portugal mostra que os pequenos países podem impor-se.

Será que os países mais ricos superam os mais pobres?

Este infográfico compara o PIB per capita de cada país face aos pontos obtidos no Euro 2016.

Veredicto Vários países com PIBs elevados, como a Suíça, Suécia e Inglaterra, tiveram um mau desempenho. Alemanha, França e Islândia foram exceções. Portugal e País de Gales, pelo contrário, ofuscaram os seus vizinhos ricos.

Quem teve o melhor desempenho no Euro 2016?

O País de Gales, tendo em conta que foi a única equipa a ficar entre os primeiros cinco classificados de cada uma das nossas categorias.

O campeão europeu Portugal, tal como a Islândia, apareceu nos primeiros cinco lugares em duas das três áreas analisadas.

Inglaterra e Rússia foram os piores classificados na nossa análise.

Limitações

Há limitações óbvias nesta análise.

Primeiro, os valores das equipas podem não ser os mais corretos, sobretudo se houver algum jovem jogador talentoso que ainda não tenha sido transferido.

Segundo, não quer dizer que um país com um PIB elevado invista mais no futebol.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo