Última hora

Em leitura:

Shinzo Abe ganha eleições japonesas e quer avançar com alteração à Constituição

mundo

Shinzo Abe ganha eleições japonesas e quer avançar com alteração à Constituição

Publicidade

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e os seus parceiros de coligação governamental, ganharam as eleições da Câmara Alta, realizadas no domingo, o que abre caminho à sua intenção de reformar a Constituição.

O Partido Liberal Democrata (PLD, no poder) conseguiu ampliar a maioria de que dispunha no Senado, a par com os parceiros de coligação governamental, o partido budista Novo Komeito, com o qual também domina a Câmara Baixa (o parlamento do Japão).

Shinzo Abe pode assim avançar com a intenção de alterar o artigo pacifista da Constituição que prevê um aumento das competências no domínio da Defesa.

O primeiro-ministro japonês tem vindo a defender que a Constituição japonesa se encontra desfasada, dado o atual panorama regional, em que a China tem conquistado cada vez mais peso militar e em que a Coreia do Norte prossegue com o seu programa nuclear e de mísseis.

A vitória de domingo concede a Abe uma maior margem para continuar a sua estratégia de reforma económica, conhecida como “Abenomics”.

Durante a campanha, Abe defendeu que a sua política económica devia continuar, reiterando que a taxa de desemprego tinha baixado e que os salários começaram a aumentar.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte