Última hora

Em leitura:

Barack Obama afirma que a sociedade norte-americana não está assim tão dividida quanto parece e apela à reconciliação

mundo

Barack Obama afirma que a sociedade norte-americana não está assim tão dividida quanto parece e apela à reconciliação

Publicidade

Barack Obama apelou à reconciliação entre polícias e a comunidade negra dos Estados Unidos, esta terça-feira, na cerimónia de homenagem aos cincos polícias mortos durante um protesto contra o racismo.

O presidente dos Estados Unidos falou nas divisões sociais que existe no país e sublinhou que essas divisões não são assim tão grandes quanto as redes sociais ou os “media” transmitem.

Obama elogiou, ainda, o trabalho dos polícias, que colocam muitas vezes a vida em risco para salvar a de outras pessoas.

“Quando as balas começaram a voar, os homens e mulheres da polícia de Dallas não vacilaram, não reagiram de forma imprudente. Mostraram uma contenção incrível. Contaram com a ajuda de alguns manifestantes em certos momentos. Colocaram em segurança os feridos. Isolaram o atirador, Salvaram mais vidas do que alguma vez saberemos”, disse o presidente dos Estados Unidos.

Na passada semana, a morte de dois homens negros por agentes de autoridade norte-americanos, em 48 horas, provocou uma onda de protestos.

A comunidade negra acusa a polícia de abusos por motivos raciais e terá sido esse o motivo que levou o ex-militar Micah Xavier Johnson, de 25 anos, a matar os polícias durante a manifestação de quinta-feira, dia 8 de julho.

Cinco agentes foram abatidos, sete ficaram feridos, alguns com gravidade.

Barack Obama referiu que já fez muitos discursos e que está na hora de amar não com palavras, mas com atitudes.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte