Última hora

Em leitura:

Theresa May dá impulso à libra mas os sinais de tempestade mantém-se no horizonte

mercados

Theresa May dá impulso à libra mas os sinais de tempestade mantém-se no horizonte

Publicidade

A nomeação de Theresa May como sucessora interina de David Cameron à frente do governo do reino de Sua Majestade está a ter um impacto positivo na moeda britânica.

Depois da desvalorização das últimas semanas provocada pelo “Brexit” e pela incerteza política consequente, a libra esterlina voltou esta quarta-feira de manhã a dar sinais positivos, impulsionada pela anunciada entrega da chave do número 10 de Downing Street a Theresa May, a segunda mulher a liderar o governo britânico depois da “dama de ferro”, Margaret Thatcher.

A meio do dia, entretanto, a flutuação da libra estabilizou em torno dos 1,32 dólares e dos 1,20 euros. Alguns analistas económicos avisam ainda assim que a tempestade ainda não passou para a moeda britânica. À confiança gerada pela descoberta de um novo líder pelo governo, vai seguir-se nova incerteza perante o rumo que o reino britânico vai tomar.

Irá a decisão de “Brexit” ser levada em frente? Irá a nova líder desviar-se da promessa de David Cameron, o anterior primeiro-ministro, de cumprir o resultado do referendo sabendo-se que o mesmo não é vinculativo? A União Europeia, entretanto, continua a tentar seguir o seu caminho e readaptar-se a uma nova realidade sem a contribuição de Londres.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte