Última hora

Última hora

Ataque de Nice: Noite de terror em França (Cronologia)

Em leitura:

Ataque de Nice: Noite de terror em França (Cronologia)

Ataque de Nice: Noite de terror em França (Cronologia)
Tamanho do texto Aa Aa
  • Ataque na marginal de Nice fez pelo menos 84 mortos, incluindo 10 crianças e adolescentes;
  • O condutor do camião que atropelou a multidão foi abatido pela polícia;
  • O atacante era um franco-tunisino de 31 anos, identificado como Mohamed Lahouaiej Bouhlel;
  • O ataque resultou ainda em 202 feridos, entre eles 52 em estado crítico, 25 em reanimação;
  • França decreta 3 dias de luto e o estado de emergência vai ser prolongado por mais 3 meses.

França voltou a ser cenário quinta-feira à noite de um ataque terrorista de grande magnitude. Oito meses após os atentados terroristas de Paris, um homem, por razões ainda por esclarecer, conduziu um camião de 3,5 toneladas contra a multidão que assistia, na marginal de nice, ao fogo-de-artifício que fechava na cidade as celebrações do Dia Nacional da Bastilha.

A reação de François Hollande

Esta sexta-feira, às quatro da manhã, o presidente francês anunciou que o estado de emergência, que deveria terminar a 26 de julho, seria prolongado por mais três meses.

“Não é possível negar a natureza terrorista deste ataque”, afirmou François Hollande. O chefe de Estado francês anunciou o reforço das ações militares na Síria e no Iraque. “A França inteira está sob ameaça do terrorismo islâmico”, sublinhou Hollande.

“Não vamos ceder face à ameaça terrorista, devemos unir-nos e ser solidários. A França foi novamente atingida no seu seio”, afirmou o primeiro-ministro francês Manuel Valls.

O ataque

O veículo avançou sobre as pessoas ao longo de quase dois quilómetros. A documentação encontrada na viatura indica que o autor do atentado é um homem franco-tunisino de 31 anos, nascido na Tunísia e residente em Nice. O condutor do camião foi abatido pela polícia. O suspeito tinha cometido no passado atos de violência, mas não fazia parte da lista dos serviços antiterroristas. No camião, foram encontradas armas e explosivos.

O ministro do Interior Bernard Cazeneuve afirmou que 70 membros da Polícia Científica foram enviados para Nice, para avançar o mais rapidamente possível na identificação das vítimas.

A cidade de Nice após os ataques

Mourning after Nice attack