This content is not available in your region

Atentado Nice: Grupo Estado Islâmico diz que ataque foi resposta a um apelo

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira
Atentado Nice: Grupo Estado Islâmico diz que ataque foi resposta a um apelo

<p>O grupo Estado Islâmico reivindicou, esta manhã, o ataque de Nice. Nas redes sociais escreve-se que, segundo os extremistas, “um soldado do EI”, conduziu o atentado na cidade francesa, “em resposta aos apelos” do grupo terrorista “para atacar cidadãos dos países que integram a coligação militar” que os combate “na Síria e no Iraque”.</p> <p><blockquote class="twitter-tweet" data-partner="tweetdeck"><p lang="en" dir="ltr"><a href="https://twitter.com/hashtag/FRANCE?src=hash">#FRANCE</a><a href="https://twitter.com/hashtag/IslamicState?src=hash">#IslamicState</a> Claims Responsibility For <a href="https://twitter.com/hashtag/Nice?src=hash">#Nice</a> Attack. <a href="https://twitter.com/hashtag/TerrorMonitor?src=hash">#TerrorMonitor</a> <a href="https://t.co/wWT4BvQhBH">pic.twitter.com/wWT4BvQhBH</a></p>— Terrormonitor.org (@Terror_Monitor) <a href="https://twitter.com/Terror_Monitor/status/754230075571052544">July 16, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p> <p>Uma declaração que surge mais de 24 horas depois de um tunisino, residente na localidade francesa de Nice, ter assassinado 84 pessoas, entre elas 10 crianças, com tiros e ao dirigir o camião frigorífico, que conduzia, para cima da multidão que assistia ao fogo-de-artifício do 14 de julho. </p> <p>Há ainda vários corpos de vítimas não identificados, segundo fonte hospitalar citada pela agência France Press. </p> <p>A polícia francesa, que tenta ainda confirmar as motivações de Mohamed Lahouaiej Bouhlel, continua a investigação e fala agora de possível radicalização deste motorista de veículos pesados. Foram detidas, preventivamente, até ao momento cinco pessoas para interrogatório. </p> <p>As autoridades policiais gaulesas não falam de qualquer ligação, conhecida, aos extremistas. Sabe-se que estava divorciado da mãe dos seus três filhos. A irmã descreve-o, segundo os média franceses, como psicologicamente instável, violento mesmo, com a sua, agora ex-mulher, por exemplo. Tinha perdido o emprego, há poucos dias, por ter cometido uma contraordenação rodoviária. </p> <p><em>Mohamed Lahouaiej Bouhlel não queria saber de religião, diz um amigo</em></p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="fr" dir="ltr"><a href="https://twitter.com/hashtag/NiceAttentat?src=hash">#NiceAttentat</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/MohamedLahouaiejBouhlel?src=hash">#MohamedLahouaiejBouhlel</a> se “foutait de la religion” dit un ami à <a href="https://twitter.com/lalsace"><code>lalsace</a> <a href="https://t.co/QM7lxNnJwi">https://t.co/QM7lxNnJwi</a> <a href="https://t.co/MbFcXf67hm">pic.twitter.com/MbFcXf67hm</a></p>&mdash; L&#39; Est Républicain (</code>lestrepublicain) <a href="https://twitter.com/lestrepublicain/status/754008700369657857">15 de julho de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Este foi o terceiro atentado terrorista, em território francês, nos últimos 18 meses. Já morreram, no total, 231 pessoas.</p> <p><em>As expressões de pesar em português</em></p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="pt" dir="ltr">Lisboa Solidária com <a href="https://twitter.com/VilledeNice"><code>VilledeNice</a> na sequência do ataque terrorista de ontem à noite <a href="https://t.co/axOvUiJQMd">https://t.co/axOvUiJQMd</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/Nice06?src=hash">#Nice06</a> <a href="https://t.co/bQNPYF7IJt">pic.twitter.com/bQNPYF7IJt</a></p>&mdash; Lisboa (</code>CamaraLisboa) <a href="https://twitter.com/CamaraLisboa/status/753945744927621120">15 de julho de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="pt" dir="ltr">Neste momento de dor, manifesto minha solidariedade aos familiares e amigos das vítimas, ao presidente <a href="https://twitter.com/fhollande"><code>FHollande</a> e ao povo francês.</p>&mdash; Dilma Rousseff (</code>dilmabr) <a href="https://twitter.com/dilmabr/status/753747178108096512">15 de julho de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="pt" dir="ltr">Juntos contra a violência! <a href="https://twitter.com/hashtag/NICE06?src=hash">#NICE06</a> <a href="https://t.co/4ayGizlu4e">pic.twitter.com/4ayGizlu4e</a></p>— CEemPortugal (@CE_PTrep) <a href="https://twitter.com/CE_PTrep/status/753889182335008768">15 de julho de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="pt" dir="ltr">Os nossos pensamentos e orações estão com todos os que se viram atingidos por mais este acto bárbaro. Ao Povo… <a href="https://t.co/zTY7Whsxst">https://t.co/zTY7Whsxst</a></p>— Polícia Portuguesa (@DNPSP) <a href="https://twitter.com/DNPSP/status/754033017522311168">15 de julho de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p><strong>O comunicado do governo de Cabo Verde</strong></p> <p>_“O Governo de Cabo Verde, ciente em como nada substitui a dor e a consternação dos familiares das vítimas, deste atentado trágico e hediondo, ocorrido ontem (14 de julho) em Nice, França, está a acompanhar, através da sua representação Diplomática, a evolução e o apuramento cabal deste terrível acontecimento e os seus impactos junto da comunidade Cabo-verdiana radicada naquele país.</p> <p>O momento convoca-nos a ser solidários, demonstrando a todo o tempo a total disponibilidade, lá onde for necessário e possível contribuir para o conforto que temos de prestar às pessoas, direta e indiretamente afetados.<br /> Estamos cientes de possíveis cidadãos e descendentes Cabo-verdianos de entre as vítimas, acompanhando a par e passo as devidas confirmações oficiais e comprometendo-nos a manter toda a nação corretamente informada.<br /> O nosso coração está com a nação e o povo Francês.”_</p>