Última hora

Nice: Sete detidos na investigação a Mohamed Bouhlel

As autoridades francesas detiveram sete suspeitos relacionados com ataque em Nice, que deixou 84 mortos dia 14 de julho.

Em leitura:

Nice: Sete detidos na investigação a Mohamed Bouhlel

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia francesa deteve sete pessoas com aparentes ligações ao condutor do camião que avançou sobre uma multidão e que causou 84 mortos e cerca de 300 feridos.

Entre os detidos encontra-se a ex-mulher de Mohamed Lahouaiej-Bouhlel, um franco-tunisino que não teria quaisquer ligações ao terrorismo, mas que a polícia francesa admite ter-se radicalizado “muito depressa”. O grupo jihadista Estado Islâmico ou Daesh (pela sigla em língua árabe) já reclamou a autoria do atentado.

Na quinta-feira à noite, um camião avançou durante dois quilómetros sobre uma multidão no Passeio dos Ingleses, em Nice, que assistia ao fogo-de-artifício para celebrar o dia de França, conhecido como a Tomada da Bastilha.

O condutor do camião foi abatido pela polícia.

As autoridades francesas consideraram estar-se perante um atentado terrorista e o presidente François Hollande, anunciou o prolongamento por mais três meses do estado de emergência que vigora no país desde o ano passado.