Última hora

Em leitura:

Presidente russo fala de "caça às bruxas" no caso do doping

mundo

Presidente russo fala de "caça às bruxas" no caso do doping

Publicidade

Vladimir Putin diz-se vítima de uma “caça às bruxas”, no que diz respeito ao caso de doping dos atletas russos, e depois da Agência Mundial Antidopagem ter publicado um relatório que confirma esta prática entre os atletas do seu país.

Foi através da página oficial do Kremlin, na internet, que o Presidente russo se defendeu afirmando que o documento é baseado em testemunhos de um homem apenas e garantindo que não há lugar para o doping entre os atletas russo porque isso poria em causa as suas vidas, saúde e demonstraria falta de “fair play”.

Nas ruas de Moscovo as opiniões dividem-se:

“É estranho que só falem dos desportistas russos em relação ao doping, há muitos outros países onde os atletas usam, por exemplo, esteroides, e chumbam nos testes antidoping, mas mais ninguém está a ser banido. Eu ligo isto a questões políticas”, diz um jovem russo.

“Claro que sim, é melhor sem o doping. Se for possível ser-se bem-sucedido sem doping, claro que é melhor. A questão é saber se isso é possível nos dias de hoje”, refere outro jovem.

Antevendo, talvez, o conteúdo deste relatório, que já era aliás esperado, um canal desportivo russo, lançou, esta segunda-feira, um documentário onde a Rússia se defende das acusações de doping.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte