Última hora

Em leitura:

Ancara envia pedido formal de extradição para os EUA

mundo

Ancara envia pedido formal de extradição para os EUA

Publicidade

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Na Turquia, o primeiro-ministro afirmou esta terça-feira que o governo já enviou para as autoridades norte-americanas todos os documentos referentes à extradição do clérigo muçulmano Fethullah Gülen, acusado de estar ligado à tentativa de golpe de estado.

“O presidente e eu dirigimos um apelo pessoal aos Estados Unidos com vista à extradição do terrorista chefe, Fethullah Gülen. Já enviámos os documentos através do ministro da Justiça” disse Binali Yildirim, primeiro-ministro turco.

Acusação

Ankara aponta o dedo ao clérigo turco Fethullah Gülen, antigo aliado do presidente Erdogan, que acusa de dirigir o que designa como uma “organização terrorista paralela”.

Exilado nos Estados Unidos desde 1999, Fethullah Gülen rejeita quaisquer acusações de envolvimento na tentativa de golpe de Estado da sexta-feira passada.

“Sempre fui contra golpes de estado durante toda a minha vida, até porque sofri muito com os golpes ocorridos na Turquia no passado. Devo ainda acrescentar que não conheço as pessoas que dirigiram este golpe”, disse o clérigo exilado.

Imagens

Esta segunda-feira, o governo publicou imagens do ataque da sexta-feira passada. As imagens foram captadas por câmaras de vigilância situadas nas proximidades do palácio presidencial em Ancara.

Entre os militares de alta patente detidos conta-se o general da Força Aérea Akin Ozturk acusado de tentativa de derrube do governo e assassinato do presidente Erdogan.

O general, contudo, nega qualquer envolvimento.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte