Última hora

Em leitura:

Obama oferece ajuda à Turquia na investigação à tentativa de golpe de Estado

mundo

Obama oferece ajuda à Turquia na investigação à tentativa de golpe de Estado

Publicidade

Governo de Ancara proíbe saída de professores universitários do país. A informação é avançada pela televisão pública turca, TRT.

Entretanto, Barack Obama garante que está pronto a ajudar a Turquia na investigação à tentativa de golpe de Estado.

Isto depois das autoridades turcas terem detido 9000 militares, magistrados e polícias terem suspendido mais de 25 mil funcionários públicos e privados. De terem anunciado que vão ser retiradas as licenças de radiodifusão e televisão a vário órgãos de comunicação. Entre outras coisas

Tudo por, alegada, ligação aos acontecimentos de sexta-feira:

“O Presidente ofereceu qualquer tipo de ajuda que o governo turco necessite enquanto faz a investigação para determinar, exatamente, o que aconteceu. O presidente espera que o povo da Turquia queira ver uma investigação completa e que os cúmplices sejam responsabilizados”, explicou o porta-voz da Casa Branca Josh Earnest.

Na sequência deste caso o presidente da Turquia tinha reafirmado, na segunda-feira, a intenção de levar a debate no parlamento a reintrodução da pena de morte no país. Abolida em 2004.

Em Lisboa, onde esteve esta terça-feira, o Presidente francês afirmou que a Turquia não pode reintroduzir a pena de morte “se quer entrar na União Europeia”.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte