Última hora

Em leitura:

Quer saber o que acontece antes da carne chegar ao seu prato?

insiders

Quer saber o que acontece antes da carne chegar ao seu prato?

Publicidade

Costuma refletir sobre o processo que traz a carne até ao seu prato? Sobre a forma como o animal foi criado e abatido? A Europa tem conhecido várias atribulações no setor agroalimentar. Da chamada doença das vacas loucas nos anos 80 e 90 até à recente controvérsia em torno da carne de cavalo utilizada como sendo carne de vaca. Em França, têm sido divulgados vídeos particularmente chocantes que revelam violência sobre animais e condições insalubres em matadouros. Não são exemplos isolados na Europa: têm sido também apontados mais casos, nomeadamente na Holanda.

Não é o consumo de carne que está em causa. Mas a verdade é que animais criados em más condições podem comprometer a saúde dos consumidores. Há também a questão dos diferentes métodos de abate e a minimização do sofrimento dos animais.

A jornalista Lise Pedersen conseguiu aceder a um matadouro francês (“A indústria de seres vivos: Um retrato da violência nos matadouros”). Algumas das vezes, os animais nem sequer chegam a ser corretamente atordoados antes de serem mortos. Há especialistas que salientam que a violência é inerente aos matadouros e que a industrialização só veio agravar as condições tanto para os animais, como para os trabalhadores deste setor.

A carne mais consumida na Europa é, de longe, a de porco. E, como em todas as criações de animais, também as suiniculturas utilizam grandes quantidades de antibióticos, em média o dobro dos humanos. O problema é que, à semelhança do Homem, os animais desenvolvem resistências que tornam a ineficaz a atuação destes medicamentos. Esta resistência pode ser transmitida através da carne que os consumidores ingerem. Serge Rombi e Yaiza Martin foram até Espanha, o país europeu que mais antibióticos utiliza na criação de animais (“O consumo de carne e a resistência humana aos antibióticos”).

O Insiders falou também sobre este fenómeno com a Dra. Elizabeth Tayler, especialista em resistência antimicrobiana da Organização Mundial de Saúde (“A ameaça global que a resistência aos antibióticos representa”).

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte