Última hora

Em leitura:

Munique: Festival que celebra os 500 anos da "Lei da Cerveja" alemã foi cancelado

mundo

Munique: Festival que celebra os 500 anos da "Lei da Cerveja" alemã foi cancelado

Publicidade

O festival para celebrar os 500 anos da “Reinheitsgebot”, que devia ocorrer este fim de semana em Munique foi cancelado, depois do tiroteio de sexta-feira.

A “Reinheitsgebot”, a “Lei da Pureza” da cerveja alemã, foi introduzida pelo Duque da Baviera, em 1516, e define regras rigorosas para controlar o que pode ser colocado numa cerveja.

O tiroteio colocou a cidade de luto.

“Na altura estava com medo. Vivo perto do local e as sirenes não paravam. Mas, depois, tornou-se claro, que ninguém sabia o que estava, realmente, a acontecer”, disse uma alemã.

Outra moradora de Munique afirma que “claro que também existe medo. Não sei se irei ao ‘octoberfest’ mas devemos ir e continuar a fazer o que fazíamos antes.”

Um dos produtores de cerveja, que iria participar no festival, compreende a razão do cancelamento mas não deixa de realçar que provoca grandes prejuízos, em especial, aos pequenos produtores.

“Aqui estão produtores muito pequenos, que investiram muito e que vieram de longe. O cancelamento do festival representa uma perda enorme e isso tem de ser dito. É claro que pensamos na situação, mas temos, também, de pensar nas outras pessoas”, afirma o produtor Brave Eagle Chief.

O dia que devia ser de festa e folia, onde a cerveja seria a rainha, transformou-se num dia
de tristeza e consternação.

As pessoas, em Munique, estão a reagir com calma. Muitos estão aliviados por ter sido um atacante solitário pois acreditam que, dessa forma, o risco de mais ataques é menor.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte