Última hora

Em leitura:

E-Skills: Preparar-se para o futuro do mercado de trabalho

business planet

E-Skills: Preparar-se para o futuro do mercado de trabalho

Publicidade

Os conhecimentos digitais reforçam a competitividade das PME numa União Europeia onde um cada três trabalhadores não domina a linguagem desta área. A campanha eSkills for Jobs visa precisamente esta realidade.

O Business Planet viajou até Sófia, na Bulgária, para falar com a representante nacional da campanha europeia eSkills for Jobs, que nos falou de como o incremento das competências digitais pode impulsionar a competitividade das PME europeias. Segundo Vessela Kalacheva, “32% da força de trabalho da União Europeia tem poucos ou nenhuns conhecimentos digitais. A falta de licenciados na área das tecnologias de informação está a criar um fosso que pode afetar o preenchimento de 800 mil postos de trabalho até 2020.”

Fomos conhecer o exemplo de um jovem que representa o caminho oposto. Lyubomir Yanchev tem apenas 21 anos, mas já está à frente de uma dinâmica startup, tendo sido considerado o “Jovem Talento Digital” na eSkills for Jobs de 2015.

“Comecei a fazer programação aos oito anos. Fiz também taekwondo, que me ensinou a ser persistente. O projeto da Melissa Climate começou na escola. Como os meus pais também são empresários, vi neste produto uma oportunidade de negócio”, conta-nos.

Melissa é o nome de uma pequena caixa e de uma aplicação que permitem controlar à distância aparelhos de ar condicionado, independentemente da marca. “Melissa é um dispositivo inteligente que gere o equipamento de ar condicionado da forma mais eficiente possível, permitindo poupar até 25% na conta de eletricidade”, explica Lyubomir.

O projeto já recolheu investimentos na ordem dos 600 mil euros. Um terço desse valor diz respeito ao programa europeu JEREMIE. Lyubomir pretende comercializar um novo produto dentro de alguns meses. “O Melissa só começou a ser vendido há dois meses e já temos 8 mil encomendas de 13 países. Até os nossos investidores estão surpresos”, congratula-se o jovem empresário.

A eSkills for Jobs arrancou no ano passado e prolonga-se até ao final de 2016. Vessela Kalacheva salienta que, até ao momento, “já decorreram cerca de 800 eventos com mais de 300 mil participantes. Os estudantes puderam conhecer empresas, os gestores de projetos visitaram universidades…”

A campanha eSkills organiza anualmente um concurso de talentos para os jovens europeus. Este ano, a competição tem três categorias: Jovens Talentos Digitais, Desenvolvimento de Competências Excecionais e Apps Inovadoras. As inscrições estão abertas até ao final de julho.

E-Skills

  • Hoje em dia, praticamente todas as atividades exigem um conhecimento mínimo das tecnologias de informação e comunicação (TIC). No entanto, um terço dos trabalhadores europeus não possui conhecimentos operacionais nesta área.
  • Várias empresas dizem enfrentar uma falta crítica de trabalhadores especializados. Este fosso pode afetar o preenchimento de 800 mil postos de trabalho até 2020.
  • A campanha eSkills for Jobs destina-se precisamente a promover as vantagens da educação digital e de todas as atividades neste setor.
  • Lyubomir Yanchev é um jovem empresário búlgaro que beneficiou diretamente da eSkills for Jobs.

Ligações úteis

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte