Última hora

Em leitura:

Cinco atletas da Equipa de Refugiados chegam ao Rio

Desporto

Cinco atletas da Equipa de Refugiados chegam ao Rio

Publicidade

Cinco atletas do Sudão do Sul, que vivem como refugiados no Quénia, chegaram esta sexta-feira ao Rio de Janeiro para as competições de atletismo.

Os cinco atletas fazem parte da equipa que o Comité Olímpico Internacional (COI) organizou, pela primeira vez, para atletas com o estatuto de refugiados.

Os atletas que chegaram esta sexta-feira são Anjelina Nada Lohalith (1.500 metros femininos), Rose Nathike Lokonyen (800 metros femininos), James Nyang Chiengjiek (400 metros masculinos), Paulo Amotun Lokoro (1.500 metros masculinos) e Yiech Pur Biel (800 metros masculinos).

A delegação é chefiada pela queniana Tegla Loroupe, a primeira mulher africana a vencer a Maratona de Nova York, uma atleta que regista três participações Olímpicas.

Os nadadores sírios Yusra Mardini e Rami Anis chegaram antes, no dia 1 de agosto chega o etíope Yonas Kinde, atleta da maratona (última competição do Rio 2016), que vive no Luxemburgo.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte