Última hora

Em leitura:

Muçulmanos e cristãos prestam homenagem a padre assassinado em igreja francesa

mundo

Muçulmanos e cristãos prestam homenagem a padre assassinado em igreja francesa

Publicidade

Um minuto de silêncio e de oração comum em homenagem ao padre católico Jacques Hamel, foi realizado, sexta-feira, por muçulmanos e cristãos, frente à igreja de Saint-Etienne-du-Rouvray.

O padre da cidade francesa foi assassinado no interior da igreja, na semana passada, num atentado reivindicado pelo Estado Islâmico.

Na mesquita da cidade também se realizou um minuto de silêncio. O momento foi replicado por muitas outras mesquitas em território francês.

Na mesquita de Saint-Etienne-du-Rouvray, a ocasião foi testemunhada pelo pároco da cidade, padre Auguste Moanda, que falou aos presentes: “Este acontecimento deve de nos ajudar a fortalecer os nossos laços de amizade e fraternidade. Somos chamados a construir pontes, não muros. Vocês sabem que na nossa humanidade, cada vez mais, são os muros que estão em processo de construção, e nós, os homens, os crentes, temos de dar o exemplo construindo pontes entre nós.”

Alguns muçulmanos sentem-se revoltados com os atos cometidos por indivíduos que dizem pertencer ao Islão.

“(Senhor) feche os nossos corações a todos os apelos ao ódio, a todas os apelos ao assassinato, a todos os apelos que acreditam que tirar a vida de um inocente poderá lavar as afrontas pelas quais passam, certamente, muitos muçulmanos em todo o mundo,” disse o Cheikh Abdellatif Hmitou aos presentes na mesquita.

Entretanto, o Conselho Francês do Culto Muçulmana apelou aos responsáveis pelas mesquitas, imãs e fieis, para, no domingo, irem à missa de uma igreja para expressarem “solidariedade e compaixão”

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte