Última hora

Em leitura:

Síria: Corredor humanitário permite a civis abandonarem Alepo

mundo

Síria: Corredor humanitário permite a civis abandonarem Alepo

Publicidade

São imagens difundidas pelas autoridades sírias. Imagens que mostram o chamado corredor humanitário, de que se tem vindo a falar, em Alepo, e que terá permitido, este sábado, a mais de 150 civis sírios, maioritariamente mulheres e crianças, saírem da zona de conflito.

Do terreno chegam informações contraditórias. Há fontes que dizem que há sírios que estão a ser impossibilitados, pelas forças leais a Bashar al-Assad, de abandonar as áreas controladas pelos rebeldes.

As imagens oficiais mostram também alegados rebeldes a renderem-se ao exército sírio.

Segundo o ministro da Defesa russo serão 69 os extremistas que se entregaram sem oferecer resistência.

As Nações Unidas dizem que mais do que um ato humanitário o exército sírio está a retirar as pessoas da cidade para poder, mais facilmente, cercar os rebeldes.

A maioria dos 250 mil civis que se encontravam encurralados em Alepo terá já conseguido abandonar a cidade, graças a este corredor criado entre Damasco e Moscovo.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte