Última hora

Em leitura:

Bombeiro morreu a combater incêndio no avião da Emirates Airlines no aeroporto do Dubai

mundo

Bombeiro morreu a combater incêndio no avião da Emirates Airlines no aeroporto do Dubai

Publicidade

Um bombeiro morreu a combater as chamas do avião da Emirates Airlines que se incendiou após uma aterragem no aeroporto Internacional do Dubai.

O Boeing 777-300, proveniente de Thiruvananthapuram, no sul da Índia, tentou aterrar por volta das 12:45 hora local (9h45 em Lisboa), mas não terá conseguido ativar o trem de aterragem.

A bordo do voo EK521 seguiam 18 membros da tripulação e 282 passageiros, entre os quais dois brasileiros. 14 pessoas tiveram de ser transportadas para o hospital.

Na página da Internet# da companhia aérea pode ler-se que o Boeing foi entregue à empresa em 2003 e que os pilotos “tinham mais de 7 mil horas de voo”.

O aeroporto suspendeu todos os voos durante cerca de quatro horas, mas já retomou as operações, como nos dá conta a repórter da euronews, Rita Del Prete:

“Como podem ver, o ambiente está calmo no aeroporto do Dubai. Não foi, no entanto, possível entrar com uma câmara. Um operador de câmara foi detido pelas autoridades. As poucas imagens que puderam ver foram gravadas com um telemóvel.”

A Emirates é a maior companhia aérea do Médio Oriente. Voa para mais de 150 destinos em todo o mundo.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte