Última hora

França: 12.500 reservistas podem ser chamados para reforçar a segurança contra ameaça terrorista

O presidente francês, François Hollande, e os membros do Governo iniciaram, quarta-feira, umas férias de verão marcadas pela ameaça jihadista e a necessidade de estar…

Em leitura:

França: 12.500 reservistas podem ser chamados para reforçar a segurança contra ameaça terrorista

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente francês, François Hollande, e os membros do Governo iniciaram, quarta-feira, umas férias de verão marcadas pela ameaça jihadista e a necessidade de estar alerta.

No último conselho de ministros antes da pausa estival, o ministro do interior, Bernard Cazeneuve, mostrou-se preocupado com os eventos de Verão. Anunciou que 12.500 reservistas podem ser mobilizados, aos quais se podem somar 4700 policias com estatuto de reservistas.

“O objetivo é ser capaz de manter esses eventos enquanto são tomadas todas as precauções necessárias, mas quando não existem todas as condições de segurança, é claro que os municípios e o poder local por vezes podem decidir cancelar o evento. Mas a nossa meta é assegurar e garantir uma presença de alto nível e um alto nível de segurança durante o período de verão.”

Entretanto, Cazeneuve anunciou que a Guarda Nacional do país iria ter um reforço de mais 84.000 elementos até 2019.

O ministro precisou que o aumento seria feito de uma forma “precisa e temporizada”, sendo 40.000 elementos para a Defesa e 44.000 para o Ministério do Interior.