Última hora

Em leitura:

Brasil: Comissão recomenda ao Senado o julgamento do impeachment de Dilma Roussef

mundo

Brasil: Comissão recomenda ao Senado o julgamento do impeachment de Dilma Roussef

Publicidade

Comissão especial do Senado brasileiro votou a favor de submeter a julgamento o processo de impeachment à presidente Dilma Rousseff, suspensa desde maio

O resultado da votação, desta quinta-feira, foi de 14 a 5, a favor da acusação que considera que Dilma Rousseff cometeu ilegalidades e, por isso, deve ser levada a julgamento.

Para o advogado de Dilma Roussef, e ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a decisão não se baseou em fatos:“Predominaram afirmações, independentemente das provas. Está sendo feito tudo para ela sair. Não é isso que constituição prevê mas, lamentavelmente, foi essa a decisão da maioria da comissão.”

A 9 de agosto, o parecer será submetido ao plenário do Senado.

Caso uma maioria simples dos senadores (81) venha a optar por dar continuidade à acusação, a presidente Dilma ficará a uma única votação de perder definitivamente o mandato.

A possível última fase do julgamento deverá começar a 25 de agosto e, depois de cinco dias de alegações, deverá ser alcançada uma sentença.

Se a primeira mulher a presidir o Brasil perder o mandato, encerra-se um ciclo de mais de 13 anos do Partido dos Trabalhadores à frente do destino do Brasil.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte