Última hora

Em leitura:

ANC perde na Baía de Nelson Mandela

mundo

ANC perde na Baía de Nelson Mandela

Publicidade

Derrota eleitoral histórica do principal partido da África do Sul, o ANC, na região da Baía de Nelson Mandela, que engloba a importante cidade de Port Elizabeth.

Um sinal dos tempos nas eleições municipais. A principal força da oposição, a AD, Aliança Democrática, reconquistou a Cidade do Cabo, tem uma ligeira vantagem em Joanesburgo e está numa luta renhida pela vitória em Pretória.

O Vice-Presidente da África do Sul e do ANC, Cyril Ramaphosa, anunciou que vão ter que “ouvir o povo, ouvir aqueles que votaram esmagadoramente pelo ANC, e também os que não votaram pelo partido, porque é uma importante mensagem”, disse.

Em termos nacionais, o ANC, Congresso Nacional Africano, histórico partido pelo fim do apartheid, está à frente com 53% dos votos, a AD tem 41 %.

O líder da Aliança Democrática, Mmusi Maimane, fez a leitura dos ganhos da sua formação. Disse acreditar que “o que foi claro em todo o processo foi que o povo votou pela mudança e por isso, mesmo”, explicou, “do nosso ponto de vista vamos lutar para por essa mudança”.

Novo ciclo político?

As eleições municipais de quarta-feira podem representar um novo ciclo da política de um país com um desemprego crónico, abalado por sucessivos escândalos de corrupção, alguns ligados ao Presidente, Jacob Zuma.

As próximas eleições presidenciais ainda estão longe – são em 2019 – mas este escrutínio é já um indicador do sentido do eleitorado da nação sul-africana.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte