Última hora

Em leitura:

Canárias: Incêndio em La Palma continua por circunscrever

mundo

Canárias: Incêndio em La Palma continua por circunscrever

Publicidade

Um morto, mais de 3 mil hectares de floresta destruídos e 2.500 desalojados. É o balanço provisório do incêndio que continua a fustigar a ilha de La Palma, no arquipélago espanhol das Canárias.

Cerca de duas centenas de bombeiros apoiados por oito helicópteros e três hidroaviões estão envolvidos no combate às chamas.

De acordo com as últimas informações, duas frentes continuam ativas. A subida da temperatura e o forte vento estão a dificultar o trabalho das equipas no terreno.

Um habitante diz que o calor é insuportável e que nada mais pode fazer senão esperar que a casa onde vive não seja destruída pelas chamas.

A vítima mortal é um guarda-florestal de 54 anos que estava envolvido no combate ao incêndio.

O fogo que deflagrou esta quarta-feira no município de El Paso terá sido provocado, acidentalmente, por um turista alemão.

As autoridades pedem à população que se mantenha tranquila, mas não excluem a hipótese de evacuar novas localidades nas próximas horas.

Este já é considerado o maior incêndio nas ilhas Canárias desde 2012, ano em que as chamas consumiram cerca de 6.500 hectares, em Adeje, na ilha de Tenerife.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte