Última hora

Em leitura:

Jogos Olímpicos Rio 2016 abertos com samba, mensagem ecológica, fogo de artifício e vaias

mundo

Jogos Olímpicos Rio 2016 abertos com samba, mensagem ecológica, fogo de artifício e vaias

Publicidade

ALL VIEWS

Clique para descobrir

A festa foi grande, iluminada e colorida. O estádio do Maracanã foi o centro de todos os olhares num espetáculo de luz, cor e fogo na abertura oficial dos Jogos Olímpicos do Rio.

Vanderlei Cordeiro de Lima está mais habituado a usar as pernas, mas foi com os braços que o maratonista carregou a tocha e acendeu a pira olímpica.

Antes, Paulinho da Viola cantou o hino do Brasil e Gisele Bundchen fez o maior e último desfile da sua vida, simbolizando as curvas de um país, que vão da arquitectura de Niemeyer à Garota de Ipanema, cantada pelo neto de Tom Jobim.

A cerimónia teve forte mensagem ecológica, depois das polémicas com a poluição da água e do ar, com os aros olímpicos verdes, plantados simbolicamente pelas 207 delegações presentes e com um poema de Carlos Drummond de Andrade, ‘A Flor e a Náusea’, num alerta lírico sobre o estado do planeta.

Uma segunda pira foi acesa na Candelária e o povo esteve na rua, mesmo sem Sandália de Prata, a música que Gilberto Gil, Anitta e Caetano Veloso entoaram e que anunciou a chegada da chama ao Maracanã.

Michel Temer, presidente interino do Brasil, foi ao estádio e declarou abertos os Jogos. O jornal Folha de São Paulo mediu em 105 décibeis a vaia do público.

Caetano Veloso, que participou na cerimónia, segurou um cartaz, numa das portas do Maracanã, direto para o Presidente.

O Maracanã recebeu na abertura oficial dos Jogos cerca de 80 mil pessoas e 40 chefes de Estado.

Vão ser 16 dias olímpicos, os do Rio.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte