Última hora

Em leitura:

Rússia excluída dos Jogos Paralímpicos

Desporto

Rússia excluída dos Jogos Paralímpicos

Publicidade

A Rússia foi excluída dos Jogos Paralímpicos do Rio. O Comité Paralímpico Internacional (IPC) suspendeu o comité paralímpico da Rússia, o que significa que os atletas paralímpicos russos não vão estar no Brasil de 7 a 18 de setembro.

Na origem da decisão, inédita, volta a estar o relatório McLaren, que denunciou um esquema de dopagem na Rússia, com apoio do Estado.

Para o presidente do Comité Paralímpico Internacional, Philip Craven, “o relatório McLaren marca uma das páginas mais negras na história do desporto. Foi um rude golpe para todos os que estão empenhados em ter competições limpas, honestas e justas. Questiona a integridade e a credibilidade do desporto tal como o conhecemos e deixou-me a mim e a muitos outros profundamente entristecidos”, concluiu.

Philip Craven lamentou o facto de alguns atletas, que estão “limpos” não poderem participar nos Jogos, mas afirma que não havia “outra opção”.

A Rússia, que vai recorrer da decisão para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), afirmou, pela voz do ministro do Desporto, Vitali Mutko, que a suspensão é “incompreensível”.

Nos Jogos de Londres, em 2012, a Rússia ficou na segunda posição no quadro de medalhas.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte