Última hora

Em leitura:

Palavras de Trump voltam a incendiar

mundo

Palavras de Trump voltam a incendiar

Publicidade

Donald Trump está a sete pontos de distância de Hillary Clinton nas sondagens, mas a liderar na polémica.

O candidato republicano voltou a incendiar os ânimos depois de ter dado a entender que os defensores da posse de armas podem impedir que Clinton chegue à Casa Branca.

“O que Hillary Clinton quer essencialmente abolir é a Segunda Emenda [da Constituição] e se ela conseguir escolher os juízes que quer, não há nada que possam fazer. Mas em relação à Segunda Emenda talvez vocês possam fazer alguma coisa” refere Trump.

As palavras do magnata e candidato republicano foi interpretada por vários analistas como um apelo ao uso da força contra a adversária democrata e contra os juízes que Clinton pode vir a nomear para o Supremo Tribunal.

O diretor de campanha da democrata já criticou a linguagem de Trump que classificou de “perigosa.”

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte