Última hora

Governo alemão aperta segurança

Medidas incluem uma maior facilidade na expulsão de estrangeiros, incluindo refugiados.

Em leitura:

Governo alemão aperta segurança

Tamanho do texto Aa Aa

A segurança, na Alemanha, vai apertar. O ministro do interior, Thomas de Mazière, anunciou um conjunto de novas medidas, depois de dois atentados, no mês de julho, reivindicados pelo grupo radical autodenominado Estado Islâmico.

Na origem das medidas estão um“ataque com um machado num comboio, que fez cinco feridos e o atentado bombista num festival de música em Ansbach, que matou o autor do crime e fez vários feridos.

Em ambos os casos, os autores dos crimes, um afegão e um sírio, tinham entrado no país como refugiados. No domingo, foi um refugiado sírio de 21 anos a esfaquear mortalmente uma mulher grávida. Só em 2015, a Alemanha acolheu cerca de um milhão de migrantes.

Entre as medidas propostas está a a aceleração do processo de expulsão do país e a possibilidade de expulsar estrangeiros, mesmo com estatuto de refugiados, quando representem um perigo para a segurança pública.