Última hora

A chuva de meteoritos Perseid atingiu a atividade máxima na noite de quinta para sexta-feira. Um fenómeno que se repete todos os anos. Em Portugal, os meteoros poderiam ser mais facilmente visíveis não fossem os incêndios que fustigam grande parte do país.
Segundo a NASA, as Perseidas poderão ser vistas a olho nu até 24 de agosto, dia em que a Terra deverá deixar de se cruzar com a órbita do cometa Swift-Tuttle, um dos maiores objetos celestes conhecidos a passar nas proximidades da Terra.

Publicidade
Publicidade

Mais vídeos No Comment