Última hora

Em leitura:

Suécia: Dois copos de vinho e uma ministra a menos

mundo

Suécia: Dois copos de vinho e uma ministra a menos

Publicidade

Era a mais nova ministra sueca de todos os tempos, e paga agora os erros da juventude.

Aida Hadzialic demitiu-se do ministério da educação sueca depois de um jantar em Copenhaga. Bebeu um copo de vinho tinto, outro de vinho frisante, disse. Mandada parar ao volante do seu carro pela Policia umas horas mais tarde, o balão acusou 2.0 de álcool no sangue.

2.0 g/ml é o limite legal, mas a política social-democrata resolveu fazer um mea culpa governamental e abandonar as funções públicas.

Hadzialic tem 29 anos e tornou-se na mais nova ministra da Suécia ao ser nomeada para o governo de coligação em 2014, com a pasta do ensino secundário superiore, educação de adultos e formação.
Chegou como refugiada à Suécia, vinda da Bósnia com a família, aos 5 anos.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte