Última hora

Em leitura:

Suíça: atacante e uma das vítimas sucubem aos ferimentos

mundo

Suíça: atacante e uma das vítimas sucubem aos ferimentos

Publicidade

ALL VIEWS

Clique para descobrir

As autoridades suíças anunciaram a morte do atacante e de uma das vítimas do ataque ocorrido no sábado num comboio.

De um total de cinco feridos que ainda estão a receber tratamento, dois encontram-se em estado grave.

As autoridades continuam a investigar os motivos para este ataque. Para já estão excluídas quaisquer motivações políticas ou religiosas.

“De momento não estamos a tratar isto como um ataque terrorista, ou como um crime xenófobo ou com motivações políticas. Não há indícios disso. Também não há indícios de que se trata de um crime passional. Não sabemos nada sobre os motivos. Tanto quanto sabemos, ele agiu sozinho”, afirma o porta-voz da polícia do cantão de St. Gallen, Hanspeter Kruesi.

O incidente ocorreu no sábado num comboio próximo da estação de Salez no nordeste da Suíça.

O atacante levava consigo uma faca e um líquido inflamável com o qual tentou pegar fogo ao comboio.

Sabe-se ainda que o atacante tinha 27 anos e era de nacionalidade suíça.

Entre as vítimas em estado grave conta-se uma criança de seis anos de idade.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte