Última hora

Em leitura:

Síria: chefes da diplomacia dos EUA e da Rússia discutem situação em Alepo

mundo

Síria: chefes da diplomacia dos EUA e da Rússia discutem situação em Alepo

Publicidade

A situação em Alepo, onde prosseguem os bombardeamentos intensos do regime sírio contra posições rebeldes, esteve no centro do telefonema desta terça-feira entre os chefes da diplomacia dos Estados Unidos e da Rússia.

A ONU voltou a manifestar-se “seriamente preocupada” com a situação dos civis na segunda cidade da Síria, palco de intensos confrontos.

Um civil diz que os últimos bombardeamentos do regime de Bashar al-Assad “atingiram civis, padarias e mercados” e acrescenta que “há pedaços de corpos por todo o lado, no chão”.

Moscovo, que com Teerão apoia o regime de Damasco, utilizou pela primeira vez um aeródromo no Irão como ponto de descolagem para vários bombardeiros russos, que visaram posições dos extremistas do Estado Islâmico e da Frente Fateh al-Cham – a antiga al-Nusra – em território sírio.

Os Estados Unidos, que conduzem uma coligação internacional contra os “jihadistas”, disseram ter sido informados pelo Kremlin acerca desta nova operação.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte