Última hora

Em leitura:

Thiago Braz da Silva "voa" para o ouro no salto à vara

mundo

Thiago Braz da Silva "voa" para o ouro no salto à vara

Publicidade

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Foi uma proeza que o brasileiro Thiago Braz da Silva, atleta da casa, conseguiu perante o público nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, ao conseguir a medalha de ouro no salto à vara e um novo recorde olímpico, nos 6,03 metros. Braz da Silva teve um duelo renhido com o francês Renaud Lavillenie, campeão olímpico em título e recordista do mundo. Lavillenie acabou por ficar com a prata e queixou-se dos assobios do público.

Nos 800 metros masculinos, o queniano David Rudisha tornou-se o primeiro em 52 anos a conseguir revalidar o título olímpico desta disciplina. Rudisha é também campeão e recordista mundial. Venceu com um minuto, 42 segundos e 15 centésimos. Terminou à frente do argelino Taoufik Makhloufi e do norte-americano Clayton Murphy.

Finalmente, nos 400 metros femininos, Shuanae Miller, das Bahamas, criou uma nova modalidade, a do mergulho na linha da meta.

Acidental ou propositada, a verdade é que a queda nos últimos segundos garantiu-lhe a vitória sobre a americana Allyson Felix.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte