Última hora

Em leitura:

Partido dos Trabalhadores do Curdistão reivindica três últimos atentados na Turquia

mundo

Partido dos Trabalhadores do Curdistão reivindica três últimos atentados na Turquia

Publicidade

Militantes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) reivindicaram os três últimos atentados que ocorreram na Turquia.

Esta sexta-feira, em Elazig, onde ocorreu o segundo atentado, centenas de pessoas manifestaram-se contra este ataque.

Na mesma cidade, no aeroporto, prestou-se homenagem aos polícias mortos, enquanto os seus corpos eram “devolvidos” às famílias, nas suas cidades natal.

Entre a noite de quarta e o dia de quinta-feira, ou seja, em menos de 24 horas, ocorreram três atentados, que Ancara dizia já terem a assinatura do PKK, e que vitimaram 14 pessoas.O primeiro ocorreu em Van onde a explosão de um carro-armadilhado, perto de uma esquadra de polícia, provocou a morte a três pessoas.

Horas depois do de Elazig, outra bomba explodia no distrito de Hizan, na província de Bitlis fazendo seis mortos.

No total, os três atentados, fizeram cerca de três centenas de feridos.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte