Última hora

Em leitura:

Rio2016: terceiro ouro olímpico para Bolt nos 200m

Desporto

Rio2016: terceiro ouro olímpico para Bolt nos 200m

Publicidade

O “relâmpago” soma e segue! Tal como fez nos 100 metros, Usain Bolt venceu pela terceira vez consecutiva os 200 metros, em 19 segundos e 78 centésimas, repetindo no Rio de Janeiro os sucessos dos Jogos Olímpicos de 2008, em Pequim, e 2012, em Londres. São já oito medalhas de ouro olímpicas e o jamaicano olha agora para o derradeiro objetivo: um primeiro lugar no pódio, também pela terceira vez, na estafeta 4×100 metros.

Usain Bolt - Gold 200m

O norte-americano Ryan Crouser também brilhou esta madrugada, conquistando o ouro e estabelecendo um novo recorde olímpico no lançamento do peso. O atleta de 23 anos dominou a final, com três dos cinco lançamentos a garantir-lhe a vitória, nomeadamente com os recordistas 22 metros e 52 centímetros.

Dalilah Muhammad ofereceu aos Estados Unidos o primeiro ouro olímpico na prova feminina dos 400 metros barreiras, impondo-se em 53 segundos e 13 centésimas, à frente da dinamarquesa Sara Slott Pettersen e da norte-americana Ashley Spencer. A checa Zuzana Hejnova, duas vezes campeã mundial, desiludiu, ao falhar o pódio para se ficar pela quarta posição.

No decatlo, o norte-americano Ashton Eaton revalidou o título olímpico conquistado há quatro anos. Com um total de 8893 pontos nas dez provas, o bicampeão mundial – que não sofreu nenhuma derrota deste os Mundias de 2011 – iguala assim o recorde olímpico estabelecido pelo checo Roman Sbrle em Atenas, em 2004.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte