Última hora

Toots Thielemans, referência da harmónica, morreu aos 94 anos

O músico belga Toots Thielemans, considerado como uma referência mundial da harmónica e do jazz, morreu esta segunda-feira, aos 94 anos, em Bruxelas.

Em leitura:

Toots Thielemans, referência da harmónica, morreu aos 94 anos

Tamanho do texto Aa Aa

O músico belga Toots Thielemans, considerado como uma referência mundial da harmónica e do jazz, morreu esta segunda-feira, aos 94 anos, em Bruxelas.

Toots Thielemans nasceu no bairro de Marolles, na capital da Bélgica, em 1922, tendo alcançado a notoriedade como tocador de harmónica quando se juntou a uma digressão, na Europa, da orquestra do norte-americano Benny Goodman, em 1950.

Um ano antes, tinha tocado, em Paris, com os músicos de jazz norte-americanos Charlie Parker, Miles Davies e Max Roach.

Pouco depois, mudava-se para os Estados Unidos, onde trabalhou com Charlie Parker, Bill Evans, Quincy Jones e Ella Fitzgerald. Era também considerado um exímio guitarrista.