Última hora

Em leitura:

Volkswagen reduz horas de trabalho a cerca de 28 mil funcionários

empresas

Volkswagen reduz horas de trabalho a cerca de 28 mil funcionários

Publicidade

Continua o conflito entre a Volkswagen e dois fornecedores, filiais da Prevent. O impasse levou a construtora automóvel alemã a suspender parte da sua produção e a reduzir o tempo de trabalho de cerca de 28.000 dos seus trabalhadores, na Alemanha.

As empresas fornecedoras de componentes afirmam que a Volkswagen quebrou vários contratos, sem aviso prévio ou compensação, o que as levou a suspender as entregas.

O grupo alemão recorreu ao tribunal de Brunswick, que lhe deu razão e decretou o recomeço da entrega de peças pelos fornecedores. Mas estes recorreram da decisão e, enquanto aguardam, recusam-se a fazê-lo.

A Volkswagen diz que vai retomar as negociações com os fornecedores mas não descarta qualquer outra possibilidade.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte