Última hora

Última hora

Exército iraquiano lança ofensiva para retomar bastião do EI às portas de Mossul

Em leitura:

Exército iraquiano lança ofensiva para retomar bastião do EI às portas de Mossul

Exército iraquiano lança ofensiva para retomar bastião do EI às portas de Mossul
Tamanho do texto Aa Aa

O exército iraquiano lançou esta madrugada uma operação militar para retomar a cidade de Al-Qayarah ao grupo Estado Islâmico (EI).

A localidade petrolífera representa um dos principais meios de financiamento do grupo armado e é considerada como estratégica para um futuro avanço sobre Mossul, a capital do alegado Califado islamita, a apenas 60Kms da cidade.

A operação militar poderá criar um dos maiores movimentos de refugiados dos últimos anos no país, segundo a ONU.

“Mossul é a segunda maior cidade do Iraque. O impacto humanitário de uma ofensiva nesta região deverá ser enorme, podendo afetar até um milhão e duzentas mil pessoas”, alertou Adrian Edwards, porta-voz do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados.

O exército iraquiano, apoiado pelos bombardeios norte-americanos, tenta recuperar o controlo de Al-Qayarah depois de ter retomado em Julho a base aérea no exterior da cidade.

A instalação, onde se encontram estacionados dezenas de soldados norte-americanos, deverá ser a ponta de lança do ataque sobre Mossul.

Segundo fontes no terreno, os combatentes islamitas estarão a dificultar o avanço das tropas iraquianas com uma vaga de ataques com veículos armadilhados e com uma espessa cortina de fumo, depois de terem incendiado vários poços de petróleo na localidade.

O grupo islamita afirma, no entanto, controlar ainda o centro da cidade, tendo divulgado ao final da tarde de ontem este vídeo da localidade.