Última hora

Nigéria afirma ter "ferido gravemente" líder do Boko Haram

O exército nigeriano afirma ter ferido gravemente o líder do Boko Haram durante um bombardeamento na sexta-feira.

Em leitura:

Nigéria afirma ter "ferido gravemente" líder do Boko Haram

Tamanho do texto Aa Aa

O exército nigeriano afirma ter ferido gravemente o líder do Boko Haram durante um bombardeamento na sexta-feira.

O ataque contra o bastião do grupo armado, na floresta de Sambisa, no nordeste do país, teria igualmente vitimado vários comandantes islamitas.

A notícia foi avançada só esta terça-feira, antes da visita do secretário de Estado norte-americano ao país.

O tema não foi no entanto evocado por John Kerry, quando o governo nigeriano anunciou por várias vezes, no passado, ter morto o líder do grupo armado.

“Derrotar o Boko Haram no campo de batalha é apenas o início. Como escreveu o escritor americano Henry David Thoreau: ‘Há milhares a cortarem os ramos do mal mas apenas um que corta a raíz’. Temos que cortar as raízes do extremismo violento”, afirmou Kerry.

A visita pretende reatar a cooperação antiterrorista entre os dois países contra o grupo armado, associado desde há vários meses ao grupo Estado Islâmico.

Washington espera levantar o bloqueio da venda de armas ao país, depois de elogiar os esforços do novo presidente para pôr fim às violações dos direitos humanos dentro do exército.