Última hora

Última hora

Terrramoto em Itália: Giulia e Giorgia, as duas "bambinas" salvas após mais de 15 horas soterradas

Sismo vitimou mais de 240 pessoas, muitas eram crianças e a mais tinha 8 meses. O resgate das duas crianças em Almatrice e Pescara del Tronto alimentam a esperança dos socorristas.

Em leitura:

Terrramoto em Itália: Giulia e Giorgia, as duas "bambinas" salvas após mais de 15 horas soterradas

Tamanho do texto Aa Aa

Com apenas 10 anos, passou cerca de 17 horas soterrada, de cabeça para baixo e sobreviveu. Foi pelo menos nesta posição que foi encontrada e resgatada com vida Giulia, de 10 anos, em Amatrice, uma das localidades mais afetadas pelo forte terramoto que na madrugada de quarta-feira fez pelo menos 247 mortos no centro de Itália — muitos deles, crianças e a mais nova era um bebé de apenas 8 meses.

O resgate de Giulia, filmado em exclusivo pelo canal italiano SkyTG24, é uma das raras boas notícias que nos vão chegando do rescaldo do sismo em Itália e vem juntar-se à de Giorgia, a menina de oito anos resgatada também na noite de quarta-feira, mas na cidade de Pescara del Tronto, outra das mais afetadas.

Tal como Giulia, Giorgia esteve também mais de 15 horas soterrada pelos escombros. Após o resgate, teve de ser operada e está bem. Menos sorte teve a irmã de Giorgia. A menina de 10 anos estava na mesma divisão de casa que a irmã, mas não sobreviveu à tragédia.