Última hora

Em leitura:

Jackson Hole: Janet Yellen evoca subida das taxas de juro

economia

Jackson Hole: Janet Yellen evoca subida das taxas de juro

Publicidade

Os argumentos a favor de um aumento das taxas de juro “reforçaram-se nos últimos meses”, segundo Janet Yellen. No discurso no encontro de Jackson Hole, a presidente da Reserva Federal reconheceu a existência de melhorias sólidas no mercado do trabalho, da atividade económica e da inflação.

A líder do banco central norte-americano defendeu que a maior economia do mundo se aproxima dos objetivos de “pleno emprego e estabilidade dos preços”.

A inflação anual está nos 0,9%. A taxa de desemprego é de 4,9%. E no segundo trimestre, o PIB dos Estados Unidos cresceu 1,1% e deverá atingir os 2% em 2016.

Atualmente, a taxa de referência situa-se entre 0,25 e 0,50%, após a subida em dezembro último, a primeira vez em sete anos.

Mas em Jackson Hole, Janet Yellen não avançou com datas para um aumento progressivo das taxas. Os analistas não esperam uma subida antes das presidenciais norte-americanas em novembro.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte