Última hora

Em leitura:

Síria: Kerry e Lavrov anunciam progressos mas ainda sem acordo

mundo

Síria: Kerry e Lavrov anunciam progressos mas ainda sem acordo

Publicidade

Doze horas de negociações em Genebra não permitiram ao secretário de Estado norte-americano, John Kerry, e ao chefe da diplomacia russa, Sergei Lavrov, obter um acordo para o fim das hostilidades na Síria.

Mas ambos os dirigentes se mantêm otimistas, destacando “importantes passos em frente”.

Kerry explicou, em conferência de imprensa, que não pretendem “anunciar um acordo sem fundamento. É preciso algo eficaz e que funcione para o povo sírio, que torne a região mais estável e segura e que nos traga para a mesa [das negociações] em Genebra para encontrar uma solução política”.

Peritos norte-americanos e russos vão continuar a trabalhar nos próximos dias para tentar resolver as diferenças persistentes.

Lavrov indicou, por seu lado, que concordaram “nas áreas específicas em que vão trabalhar com as partes envolvidas no conflito: a Rússia vai trabalhar com o governo sírio, enquanto os Estados Unidos vão trabalhar com a oposição”.

O grande ponto de discórdia continua a ser o futuro do presidente sírio: Moscovo – que apoia Damasco – defende que o país mergulharia no caos sem Bashar al-Assad, enquanto Washington é favorável ao afastamento do chefe de Estado, exigido pela oposição.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte