Última hora

Em leitura:

China: Lucros da petrolífera Sinopec caem mais de 20%

empresas

China: Lucros da petrolífera Sinopec caem mais de 20%

Publicidade

A petrolífera chinesa Sinopec sofreu um decréscimo de lucros de 21,6%, no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, em consequência da queda do preço do petróleo nos mercados internacionais.

A maior refinadora da Ásia registou lucros de 2,66 mil milhões de euros (19,92 mil milhões de yuan) entre janeiro e junho, segundo um comunicado enviado no domingo à bolsa de Hong Kong.

“Na primeira metade de 2016, os preços do petróleo bruto no mercado internacional registaram uma queda acentuada, face à primeira metade de 2015, atingindo o seu valor mais baixo”, explicou a empresa controlada pelo Estado chinês.

A descida no preço do petróleo foi acompanhada por um aumento de 4,4% no consumo de produtos derivados do petróleo no país.

A Sinopec não foi a única empresa chinesa do ramo a ser atingida pela queda do preço do petróleo. O maior produtor petrolífero da China, a PetroChina, anunciou na semana passada uma queda de 97,9% dos lucros, no primeiro semestre do ano, face ao mesmo período do ano passado, para 71 milhões de euros (531 milhões de yuan). Isto enquanto a CNOOC, o maior produtor de petróleo e gás em alto mar, registou prejuízos líquidos de 7,74%, nos primeiros seis meses deste ano.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte