Última hora

Em leitura:

França vai pedir o "fim" das negociações do TTIP com os EUA

mundo

França vai pedir o "fim" das negociações do TTIP com os EUA

Publicidade

No final de setembro, a França vai formalmente pedir à Comissão Europeia o “fim” das negociações com os Estados Unidos sobre o Acordo de Parceria Transatlântica de Comércio e Investimento, o acordo de comércio livre conhecido pelas siglas TTIP ou ainda TAFTA.

O secretário de Estado do Comércio Externo francês, Matthias Fekl segue assim as pisadas do vice-chanceler alemão e ministro da Economia, Sigmar Gabriel que, no fim-de-semana, afirmou que, as negociações “falharam”.

Forma de pressionar os Estados Unidos a ceder nalguns pontos ou verdadeiramente o fim, pelo menos temporário, a verdade é que as negociações em curso parecem condenadas mesmo se a Comissão Europeia garantiu, esta segunda-feira, que “apesar das negociações comerciais levarem o seu tempo, a bola está a rolar e a Comissão tem feito progressos consistentes nas negociações que estão a decorrer sobre o TTIP”. O porta-voz da Comissão, Margaritis Schinas, adiantou que as negociações “entraram num momento crucial, com propostas na mesa sobre quase todos os capítulos e uma ideia clara sobre o esboço do futuro acordo”.

Barack Obama quer assinar o acordo antes do final do seu mandato, no inicio do próximo ano. Os defensores do TTIP afirmam que o acordo pode gerar ganhos superiores a 100 mil milhões de dólares dos dois lados do Atlântico.

Os críticos afirmam que o acordo, que está a ser negociado há três anos, irá conduzir a uma desregulamentação generalizada a favor das grandes multinacionais e temem perdas nos campos da segurança ambiental e alimentar.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte