This content is not available in your region

EUA: Donald Trump vai ao México defender a necessidade de se construir um muro na fronteira

Access to the comments Comentários
De  Miguel Roque Dias  com EFE; Reuters
EUA: Donald Trump vai ao México defender a necessidade de se construir um muro na fronteira

<p>O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos da América afirmou ter grande respeito pelo povo mexicano. No entanto, perante o presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, Donald Trump reiterou a necessidade de se construir um muro, na fronteira entre os dois países, para impedir a imigração ilegal.</p> <p>“Nós reconhecemos e respeitamos o direito de cada país a construir uma barreira física ou um muro em qualquer das suas fronteiras para deter o movimento ilegal de pessoas, drogas e armas. Haverá cooperação para se conseguir este objetivo comum e partilhado. A segurança de todos os cidadãos é fundamental”, afirma o candidato republicano.</p> <p>Contradizendo Trump, que afirmou não se ter falado sobre quem pagaria o muro, Peña Nieto, fez saber que o México não suportará os custos da empreitada e que nem parece ser necessária.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="es" dir="ltr">Al inicio de la conversación con Donald Trump dejé claro que México no pagará por el muro.</p>— Enrique Peña Nieto (@EPN) <a href="https://twitter.com/EPN/status/771118159654891520">August 31, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>“A imigração ilegal mexicana para os Estados Unidos teve o seu clímax há 10 anos, e tem, consistentemente, vindo a diminuir até ao ponto de ser mesmo negativa, em termos líquidos”, informou Peña Nieto.</p> <p>Donald Trump viajou ao México a convite do presidente mexicano que convidou também a candidata democrata Hillary Clinton.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="es" dir="ltr">Invité a México a los candidatos a la Presidencia de <span class="caps">EEUU</span>, para conversar sobre la relación bilateral. Mañana recibo a Donald Trump.</p>— Enrique Peña Nieto (@EPN) <a href="https://twitter.com/EPN/status/770824709977931780">August 31, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>O republicano considerou o encontro com Peña Nieto produtivo no entanto não se desculpou pelos ataques que vem fazendo, desde 2015, contra os mexicanos ao apelidá-los de “violadores e criminosos”.</p>