This content is not available in your region

Segurança reforçada nas escolas francesas

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Segurança reforçada nas escolas francesas

<p>Há novas regras de segurança nas escolas francesas. Esta quinta-feira, 12 milhões de alunos regressaram às aulas, mas muitos encarregados de educação ficaram à porta do estabelecimento de ensino. O Governo decidiu reforçar as medidas de seguranças após os ataques de novembro em Paris. Ainda, assim, não existe uma uniformização</p> <p>“A conversa que tive esta manhã com o diretor da escola mostra que há uma ligeira ansiedade e a sensação de que as medidas anunciadas pelos políticos não estão a ser aplicadas da mesma foram em todo o território. Isto porque é uma decisão que cabe aos autarcas tomar” refere Olivier Dosne, presidente da câmara de Joinville-Le-Pont.</p> <p>Na autarquia de Joinville-Le-Pont, a sul de Paris, por exemplo, só as crianças, professores e funcionários estão autorizados a entrar</p> <p>“A diferença é que já não podemos entrar na escola, mas penso que isso é positivo porque significa que ninguém pode entrar: adultos ou os desconhecidos” refere Faiza Tebaqui, encarregada de educação.</p> <p>Em Chartre, a sudeste de Paris, tão importante como a segurança é garantir que as medidas não traumatizam os mais pequenos.</p> <p>“Se existem medidas adicionais são discretas, talvez para não perturbar as crianças. Penso que as medidas foram reforçadas, mas não são visíveis” acrescenta uma outra encarregada de educação.</p> <p>Previstos estão, também, exercícios de simulação de ataques terroristas, uma questão que ameaça dividir os franceses.</p>