Última hora

Em leitura:

Itália: Desmantelamento de uma rede de passadores de migrantes

mundo

Itália: Desmantelamento de uma rede de passadores de migrantes

Publicidade

As autoridades italianas e europeias anunciaram o desmantelamento de uma rede de contrabandistas suspeitos de terem organizado o transporte de migrantes da Hungria para outros países europeus.

No total, 16 pessoas foram presas e cinco outras estão ainda a ser procuradas pela polícia italiana e unidades de cooperação judiciária na União Europeia, Europol e a Eurojust

Os suspeitos, principalmente sírios, mas também argelinos, egípcios, libaneses e da Tunísia, residem maioritariamente na província de Como, no norte da Itália, e são acusados de ajuda à imigração clandestina.

O grupo dirigia uma rede de dezenas de automóveis que por 500 euros por pessoa eram propostos aos imigrantes principalmente sírios, para serem conduzidos da Hungria ou de Itália para a Áustria, a Alemanha e França.

Pelo menos 200 pessoas usaram esta rede entre dezembro de 2014 e maio 2016, de acordo com a polícia italiana, que realizaram inúmeras investgações.

De acordo com a Europol e a Eurojust, “uma quantidade significativa de bens e dinheiro” foi apreendida durante durantes as buscas.

A investigação começou em setembro de 2015, depois da prisão na Hungria de um italiano que transportava vários imigrantes na sua viatura.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte