Última hora

Em leitura:

Itália: Sobe o número de mortos confirmados do sismo

mundo

Itália: Sobe o número de mortos confirmados do sismo

Publicidade

O corpo de um candidato a asilo afegão foi resgatado dos destroços de Amatrice, a vila mais atingida pelo terrível terramoto de 24 de agosto no centro de Itália.

Eleva-se a 295 o número de mortos do sismo que atingiu os 6,2 na escala de Richter.

Sayed, de 27 anos, era pai de três crianças que vivem no Afeganistão.

O irmão, residente na Áustria, assistiu às operações de resgate.

O inverno aproxima-se e os quase 5 mil desalojados anseiam pelo alojamento temporário de madeira. Até lá têm que enfrentar a chuva em tendas.

Um das prioridades do governo é recuperar as inúmeras construções que desmoronaram como castelos de cartas.

A escola pré-primária e básica de Amatrice ficou devastada. Agora, as crianças vão frequentar instalações prefabricadas até que o estabelecimento de ensico seja reconstruído.

A Alemanha prometeu ajuda.

Mas história desta escola não se fica por aqui.

O estabelecimento de ensino deveria ter sido alvo de melhoramentos de acordo com normas antissísmicas em 2012.

O contrato foi atribuído mas nada aconteceu. As autoridades estão a investigar.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte