Última hora

Em leitura:

Poroshenko pede ajuda internacional contra "agressões" russas

mundo

Poroshenko pede ajuda internacional contra "agressões" russas

Publicidade

O presidente da Ucrânia diz que o expansionismo da Rússia é um problema global e apela à comunidade internacional para fazer frente ao que classifica de “agressões” do Kremlin.

As declarações de Petro Poroshenko foram feitas na sessão inaugural do Parlamento ucraniano, depois da pausa estival.

O chefe de Estado ucraniano afirmou que “durante o próximo ano, certas forças políticas poderão chegar ao poder através de eleições em vários países europeus que, apesar de poderem não ser extremistas, são favoráveis a compromissos com o Kremlin e que acreditam que a melhor política contra o agressor é a conciliação”.

Poroshenko frisou ainda que a adesão à NATO continua a ser “um objetivo estratégico” da Ucrânia.

Ao mesmo tempo, a União Europeia criticou os atos de violência contra uma televisão pró-russa em Kiev e exigiu “um inquérito exaustivo e independente”. O próprio Poroshenko já tinha apelado ao procurador-geral ucraniano para investigar os incidentes do passado domingo na sede da Inter TV, acusada de ser favorável ao Kremlin.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte