Última hora

Em leitura:

Breves de Bruxelas: receita de David Miliband para crise dos refugiados

A redação de Bruxelas

Breves de Bruxelas: receita de David Miliband para crise dos refugiados

Publicidade

Faltam exatamente dois meses para os eleitores norte-americanos escolherem o próximo presidente. Esta eleição, entre Hillary Clinton e Donald Trump, é seguida de perto pela União Europeia, que prepara uma nova fase das relações transatlânticas.

Mas há dossiês que revelam tensões entre os dois parceiros: Washington acusa a União de atacar as suas multinacionais como a Apple. O acordo de livre comércio entre a Europa e os Estados Unidos também foi posto em causa.

O centro de estudos German Marshall Fund para os Estados Unidos organizou, ontem, um debate sobre as relações entre europeus e norte-americanos. O diretor da delegação em Bruxelas, Ian Lesser, foi entrevistado pela correspondente Isabel Marques da Silva.

Neste programa que passa em revista a atualidade europeia diária falamos, ainda, da aproximação da cimeira da ONU sobre refugiados e migrantes, a 19 de Setembro. As organizações não governamentais tentam influenciar a ação da comunidade internacional.

É o caso do International Rescue Committee, que realizou, ontem, uma reunião em Bruxelas sobre a resposta europeia a este desafio. O diretor, David Miliband, referiu às euronews quais devem ser as priordiades.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte