Última hora

Em leitura:

No deserto do Dubai há uma floresta tropical

Sci-tech

No deserto do Dubai há uma floresta tropical

In partnership with

No deserto do Dubai, uma floresta tropical dentro de uma cúpula gigante, aloja cerca 3000 plantas e oito centenas de animais.

Inaugurado há pouco tempo nos Emirados Árabes Unidos, o “The Green Planet” (“O Planeta Verde”, em tradução livre), de quatro andares, tem a maior árvore artificial do mundo criada para ajudar os ecossistemas.

“É uma fatia da natureza. Imagine uma floresta tropical na Amazónia, pegamos num pedaço e trouxemos para o meio do deserto. Todos os animais, árvores, plantas, borboletas, repteis. Todos os tipos de animais de todo o mundo e de diferentes florestas tropicais”, afirma Christopher Davis, chefe das operações do “The Green Planet”.

O The Green Planet foi criado com o objetivo de mostrar aos visitantes como funcionam os diferentes ecossistemas. Ao entrar, quem visita é obrigado a passar por uma câmara que se destina a manter a eco-integridade interna da instalação.

As crianças podem usufruir de cerca de 15 programas educacionais em cinco áreas de exploração eco.

“O objetivo primário é a educação. Temos várias plantas para as crianças visitarem e aprenderem sobre natureza”, diz Christopher Davis.

Mas o que acontece com a energia gasta em transformar um deserto numa floresta tropical, especialmente no que diz respeito à água?

O chefe de operações do “The Green Planet” garante que a instalação evita o desperdício de energia: “O mais interessante nesta instalação é ter um certificado em Liderança em Energia e Design Ambiental (LEED), o que é difícil de se obter. Significa que há um certo ponto de conservação de energia, em toda a sua conceção e agora através das operações. A cascata atrás de mim é reciclada o que implica pouca água”.

Artigo seguinte