Última hora

Última hora

No deserto do Dubai há uma floresta tropical

Em leitura:

No deserto do Dubai há uma floresta tropical

No deserto do Dubai há uma floresta tropical
Tamanho do texto Aa Aa

No deserto do Dubai, uma floresta tropical dentro de uma cúpula gigante, aloja cerca 3000 plantas e oito centenas de animais.

Inaugurado há pouco tempo nos Emirados Árabes Unidos, o “The Green Planet” (“O Planeta Verde”, em tradução livre), de quatro andares, tem a maior árvore artificial do mundo criada para ajudar os ecossistemas.

“É uma fatia da natureza. Imagine uma floresta tropical na Amazónia, pegamos num pedaço e trouxemos para o meio do deserto. Todos os animais, árvores, plantas, borboletas, repteis. Todos os tipos de animais de todo o mundo e de diferentes florestas tropicais”, afirma Christopher Davis, chefe das operações do “The Green Planet”.

O The Green Planet foi criado com o objetivo de mostrar aos visitantes como funcionam os diferentes ecossistemas. Ao entrar, quem visita é obrigado a passar por uma câmara que se destina a manter a eco-integridade interna da instalação.

As crianças podem usufruir de cerca de 15 programas educacionais em cinco áreas de exploração eco.

“O objetivo primário é a educação. Temos várias plantas para as crianças visitarem e aprenderem sobre natureza”, diz Christopher Davis.

Mas o que acontece com a energia gasta em transformar um deserto numa floresta tropical, especialmente no que diz respeito à água?

O chefe de operações do “The Green Planet” garante que a instalação evita o desperdício de energia: “O mais interessante nesta instalação é ter um certificado em Liderança em Energia e Design Ambiental (LEED), o que é difícil de se obter. Significa que há um certo ponto de conservação de energia, em toda a sua conceção e agora através das operações. A cascata atrás de mim é reciclada o que implica pouca água”.

Mais sobre Sci-tech