Última hora

Em leitura:

Refugiados: Prémio Nansen do ACNUR vai para gregos

mundo

Refugiados: Prémio Nansen do ACNUR vai para gregos

Publicidade

Por atos distintos em prole dos refugiados, uma ONG e uma ativista dos direitos humanos, gregos, ganharam o prémio Nansen atribuído pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

A equipa de dois mil voluntários da Hellenic Rescue Team (HRT), a quem se atribui o salvamento de milhares de vidas em 2015, durante a crise dos refugiados, e Efi Latsoudi, da Pipka Village, receberam a distinção.

“Uma das tarefas mais difíceis que tivemos e que nunca esquecerei foi quando tivemos que tratar uma jovem mãe, que perdeu três dos seus filhos. Ficámos todos sem palavras. Tentámos desesperadamente aliviar-lhe o sofrimento sem sucesso”, diz Efi Latsoudi, da Pipka Village.

“A nossa tarefa foi salvar pessoas que nem sequer tinham coletes salva-vidas, é impossível descrever o que eles eram no barco. Nós estávamos a operar sobretudo à noite e tínhamos bebés e cadáveres à nossa volta. Não podíamos imaginar condições tão difíceis. Por isso não podíamos ter um plano especifico” explica Konstantinos Mitragas, da HRT.

No ano passado, a HTR realizou mais de mil operações, salvou 2500 vidas e assistiu mais de 7 mil pessoas.

No pico da crise dos refugiados, no grupo oriental das ilhas do mar egeu, os voluntários e equipas de salvamento enfrentaram condições sem precedentes e viveram de perto histórias humanas comoventes. Este prémio é uma recompensa pelos esforços e um motivo para continuar a salvar mais vidas.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte